sábado, 9 de abril de 2011

O REI, A SOMBRA E A MÁSCARA

CAFÉ em VERSO e PROSA comemorando seus seis anos apresenta:


“O REI, A SOMBRA E A MÁSCARA”

Lançamento do livro e do curta-metragem do escritor pernambucano SIDNEY NICEAS

Dia: 12 de abril de 2011

Hora: 20:30

Local: Empório Café


video






O REI, A SOMBRA E MÁSCARA - O LIVRO

Com 270 páginas, o livro é dividido em três partes: Parte I – A Moral da Aceitação; Parte II – A Moral da Inevitabilidade; Parte III – A Moral da Moral.

O conteúdo é uma fábula, contendo personagens que retratam o homem e a vida em sociedade. O “Rei” personifica cada ser humano vivente na dualidade terrena. E, na sua jornada, descobre o sentido de estar vivo.

São mil livros produzidos de forma independente, com apoio fundamental da Gráfica Flamar, dos Armazéns Gerais Estrela, da Livraria Jaqueira, da Sorvetes Zeca’s, da AABB Recife e da Multicopy.

Com design gráfico e projeto editorial arrojado, desenvolvido pela Rae Assessoria de Comunicação, o livro está sendo trabalhado no Recife e em outras cidades brasileiras.

_________________________




O REI, A SOMBRA E MÁSCARA - O CURTA

O curta-metragem é baseado no texto introdutório do livro. Nele, o personagem se percebe num intrigante embate interior, que o conduz a inevitável constatação diante do espelho, a de que ele é feito de luz e sombra, ideia central de todo projeto. O roteiro prevê a duração aproximada de 10 minutos, intercalando imagens em locações diversas.

O ator Júnior Aguiar é o único a aparecer em cena e dá um show de interpretação ante as inquietações da narrativa, num filme produzido com total apoio da Center Produções. O roteiro e a direção são assinados pelo escritor Sidney Nicéas.

Vale destacar que a trilha original do curta é uma composição instrumental inédita do Maestro Spok, que, com seu Sax inconfundível, deu uma sonoridade toda especial ao filme.

O curta tem participado de festivais de cinema pelo país.

________________________________
JUNIOR AGUIAR
O ator pernabucano atua no curta do livro que será exibido e estará presente no lançamento fazendo performance.
__________________________________



SIDNEY NICEAS

Recifense orgulhoso da sua terra. Filho da poetisa Wolda Nyria e do Promotor de Justiça José Luiz de Oliveira Júnior. Pai de Victor Hugo. Homem em busca do ‘mais’…

É dono da Rae Assessoria de Comunicação. Sobrinho de Cléo Nicéas, um dos grandes nomes da comunicação do Estado, e neto do falecido jornalista Amarílio Nicéas, famoso na era de ouro do rádio.

Iniciou sua jornada literária em 1995, quando escreveu a peça “Cinzas da Paixão”, encenada no Recife e em João Pessoa (PB). Em 2004 lançou seu primeiro livro, “O Que Importa é o Caminho”, edição independente reunindo poesias, contos e crônicas que se interligam através do tema: encontrar em si o caminho para o êxito na vida.

Em 2006 foi homenageado pelo SESC através do projeto Poetas da Terra, onde foi encenada a peça “O Divino Caminho”, dirigida por Eron Vilar, baseada na obra do autor. Em 2008 lançou o Blog De2em2… , onde publica suas crônicas e contos sempre com uma visão incisiva do ser humano e do cotidiano.

Tendo o ser humano e a vida coletiva como foco do seu trabalho, lança agora a fábula “O Rei, a Sombra e a Máscara”, livro e curta-metragem homônimos (produzidos também de forma independente), e continua escrevendo – já possui três outros livros que em breve serão lançados.

Mais informações podem serem adquiridas em seu site:

http://www.sidneyniceas.com.br/

                                                   _________________________________




            O CAFÉ em VERSO e PROSA é um sarau organizado pela atriz Suzy Lopes desde abril de 2005. Acontece mensalmente no Empório Café e já faz parte do cenário cultural da cidade. Este ano em comemoração aos seus seis anos, está sendo agregado novos valores ao seu formato, trás para João Pessoa o escritor pernambucano Sidney Niceas para lançar seu livro, com exibição de seu curta conjunto ao livro e performance da atriz Suzy Lopes.

                                                _________________________________


SUZY LOPES


Suzy Lopes é natural de Cajazeiras, estuda Bacharelado em Teatro pela Universidade Federal da Paraíba, estreou no teatro paraibano em 1995 com “Ventos do Amanhecer em Macambira” direção de Roberto Cartaxo. Participou das seguintes montagens: Morte e Vida Severina (Dir. Marcos Montenegro - 1996), Dor, Suor e Sangue (Francisco Hernandes – 1997), As Esposas (Tarcisio Pereira – 1998). Em 1999 foi convidada para a Rataplan Cia. Das Artes no espetáculo Chapeuzinho Amarelou (Dir. Isaú Firmino) pelo qual ganhou os prêmios de Melhor Atriz – III Mostra Estadual de Teatro para Crianças – 1999, Troféu Imprensa Paraibana de 2001 e Melhor Atriz – II Festival de Teatro de Gauçuí – 2001. Pela mesma companhia dividiu a direção com Isaú Firmino em Hello Boy em 2002 com Mayana Neiva e Netto Ribeiro. Em 2003 a Rataplan montou Espelho, Espelho Meu que rendeu a atriz novos prêmios: Melhor Atriz – IV Festival de Teatro d Guaçuí – 2003, Melhor Atriz – III Feneteg (Festival Nordestino de Teatro de Guarabira – 2004) e Melhor Atriz – 12º Mostra Estadual de Teatro e Dança – 2005. Em 2006 com parceria do ator Netto Ribeiro e montou o Projeto 15 no qual montaram os seguintes musicais: Vila Cazuza (2006), Gota d’agua (2006), Cabaré, a Opera do Chico (2009). Beijo Roubado (Dir. Duílio Cunha – 2007), Estrelas ao Relento (Dir. Eliézer Rolim – 2007), Vereda da Salvação (Dir. Cristina Streva – 2008). No cinema Suzy participou das seguintes produções: A narrativa Sintomática de Constantino (Carlos Dowling – 2000), A Inesperada Visita do Imperador (Gilvan de Brito – 2003), O Sonho de Inacim (Eliézer Rolim – 2005) e recentemente o longa-metragem pernambucano “Era uma vez Verônica” de Marcelo Gomes. Idealizou e produz desde 2005 o Café em Verso e Prosa. Projeto que gerou sua pesquisa sobre o corpo do ator na récita poética. Com a direção de Servílio Holanda ganhou os prêmios de 1º lugar e Melhor Intérprete no VI Poesia Encenada do Sesc de 2010. Atualmente compõe o elenco de Retábulo novo espetáculo do Grupo Piollin de Teatro com direção de Luíz Carlos Vasconcelos.

O blog da atriz: http://www.qsejadoce.blogspot.com/